João Azevedo declarou que novas obras só serão realizadas segundo semestre.

Em ano de crise, secretário afirma que novas obras do Estado só começarão a partir do segundo semestre

joão azevedo obras paralisadasEm um ano reconhecidamente de crise, o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Ciência e Tecnologia do Estado, João Azevedo, declarou que novas obras só serão realizadas pelo governo atual a partir do segundo semestre.

“As obras em andamento no estado já têm os recursos garantidos e não correm riscos de pararem”, declarou, tranquilizando quem espera a conclusão de adutoras, estradas e obras de saneamento básico que já foram iniciadas.

“Este é um governo que, ainda que novo, é de continuidade, então, como tivemos a oportunidade de, em 2013 e 2014, buscar recursos e começar estas obras, em 2015 vamos apenas continuar o trabalho”, disse.

Ele reconheceu que neste ano será mais difícil conseguir atrair novos recursos. “Em 2015 teremos maiores dificuldades no repasse de recursos do governo federal. Até por conta dos ajustes que vem sendo anunciados pelo governo. Entretanto, as obras contratadas já fazem parte do PAC e teremos condições de dar andamento a elas”, reafirmou.

Ele destacou as adutoras, o Canal Acauã-Araçagi e as obras de esgotamento sanitário. “São 730 quilômetros de adutoras, com 160 já entregues e o restante com obras em andamento. Estas obras têm recursos garantidos pelo PAC. O Canal Acauã-Araçagi é uma obra imensa, com mais de R$ 1 bilhão em investimentos e também está garantido. O esgotamento sanitário, através da Funasa, em 11 cidades tem mais nove conveniadas, enfim. Um conjunto de obras que terão a sua continuidade garantida”, concluiu.

Paraíba.com