Em bom jogo, São Bento e Sport ficam no empate

Em bom jogo, São Bento e Sport ficam no empate

Em uma partida bastante movimentada, com várias chances de gol, São Bento e Sport empataram em Sorocaba por 2 a 2. Zé Roberto, de pênalti, e Vinicius Kiss, em um chutaço, fizeram para os donos da casa. Guilherme e Sander deixaram tudo igual para o rubro-negro pernambucano.  O empate ainda deixa a equipe paulista próxima à zona de rebaixamento com oito pontos e em 16º lugar.

Na próxima rodada, o São Bento vai ao Couto Pereira visitar o Coritiba. O Sport chegou aos 16 pontos e entrou no G-4. O próximo compromisso é contra o Cuiabá, na capital mato-grossense.  Primeiro tempo agitado em Sorocaba O cronômetro não marcava nem um minuto de jogo e o São Bento criou a primeira oportunidade. Cafu bateu de fora da área e obrigou Maílson a fazer uma boa defesa. O Sport respondeu logo em seguida com Guilherme.

O atacante arrancou pela esquerda, cortou para o meio e arriscou, mas a bola foi para fora.  Antes dos dez minutos, mais uma chance do São Bento. Zé Roberto ganhou a dividida de Rafael Thyere e cruzou para Fernandes, que tocou de primeira, mas errou o gol. Porém, a principal chance dos donos da casa apareceu aos 24, com Zé Roberto, de novo.

O atacante tentou o cruzamento e a bola bateu na mão do zagueiro Yago. Pênalti. O camisa 9 foi para a bola, deslocou o goleiro e fez 1 a 0.  Aos 33, o Sport mostrou que queria o empate. Guilherme cobrou escanteio e Yago testou firme. Henal fez uma defesaça e mandou para fora. Novo escanteio e nova chance para a dupla rubro-negra. Dessa vez, Yago cabeceou para fora. Mas o empate só veio no último lance da primeira etapa e com Guilherme.

Em sua jogada característica, o atacante do Sport recebeu na esquerda, cortou para o meio e bateu forte de direita, no cantinho de Henal. Tudo igual em Sorocaba.  Gols bonitos mantém a igualdade O São Bento voltou com uma postura mais ofensiva ao trocar o volante Fernandes pelo Fabrício Oya, mas quem comandou as ações foi o Sport.

Em sua primeira chegada de perigo, os visitantes tomaram a frente do placar. Sander roubou a bola e acionou Guilherme, que devolveu de forma primorosa. Cara a cara com o goleiro, coube ao lateral bater no cantinho e virar o jogo.   Aos 23, Zé Roberto, jogador mais perigoso do São Bento, recebeu na entrada da área e bateu colocado, no canto esquerdo, mas a bola saiu.

O Sport conseguia controlar bem a partida, tendo mais posse de bola, porém não criava chances de gol.  Entretanto, aos 36 minutos, em bola cruzada para a área, a zaga do Sport afastou mal e Vinicius Kiss mandou uma bomba de fora da área, sem chances para o goleiro Maílson. Golaço. Tudo igual no Estádio Walter Ribeiro.

O gol deu mais gás ao São Bento, que quase virou com Doriva, em cobrança de falta que passou por cima da baliza.  Na reta final, a partida ficou mais brigada do que bem jogada. Mas foi aos 46 que Guilherme teve a chance de dar a vitória ao Sport. O atacante recebeu em velocidade, deixou a zaga para trás e saiu na cara do goleiro Henal.

Na hora da finalização, pegou embaixo da bola e mandou por cima. Chance inacreditável perdida e fim de jogo em Sorocaba.

O Gol