Em entrevista ao Bayeux em Foco, Fernando Ramalho confirma ter deixado secretaria de Saúde de Bayeux

fernando ramalhoEm entrevista exclusiva ao Portal Bayeux em Focona noite de ontem (31) o médico, presidente municipal do PTB e um dos aliados de primeira hora de Expedito Pereira, Dr. Fernando Ramalho, explicou os motivos que o fizeram entregar o cargo ao prefeito.

Ramalho conta que problemas de ordem pessoal e familiar teriam sido as razões pelas quais resolveu entregar o cargo de Secretário de Saúde de Bayeux. Fernando apontou que possa parecer oportuno ele deixar a secretaria no momento de caos e crise que corrói o governo Expedito 4, mas sua decisão já vinha sendo amadurecida há 2 meses.

O ex-secretário afirmou que mantém divergências ideológicas com a adjunta Fátima Amorim apontada como sucessora de Fernando Ramalho, porém mantinha um bom relacionamento político-administrativo.

Fernando negou que sua saída da secretaria tenha provocado um bate-boca com o prefeito Expedito. “Ele relutou em aceitar minha demissão, mas já não dava para mim mais devido aos meus compromissos”, afirmou.

Apesar de negar estremecimento, Fernando Ramalho admitiu que a crise, o sucateamento e as dificuldades de gestão na saúde do município são grandes e que nas eleições de 2014 ainda vai analisar quem apoiará para deputado estadual e federal.

Em cinco meses de governo, Expedito já perdeu cinco secretários que foram exonerados. Começou com seu aliado de primeira hora Zezito da Banca (finanças), depois a esposa do secretário de Saúde do Estado, Kelly Dias (adjunta saúde), há um mês André Ribeiro (educação), Maria do Livramento (infraestrutura) e por último Fernando Ramalho (Saúde).

 

 

Bayeux em Foco