Em liberdade há dois dias, ex-presidiário é executado a tiros em plena via pública no Castelo Branco - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Em liberdade há dois dias, ex-presidiário é executado a tiros em plena via pública no Castelo Branco

1354213622902-violenciaA Polícia trabalha com a hipótese de ‘acerto de contas’,  para explicar o assassinato do ex-presidiário Adenilson Mandú da Silva,  20 anos. Ele foi executado a tiros na noite desta quarta-feira (23) no conjunto Castelo Branco, em João Pessoa.

De acordo com a polícia, Adenilson Mandú caminhava pela Rua Arquivista Jônatas Careca, na Comunidade São Rafael em direção a casa de amigos quando foi surpreendido por dois homens que estavam numa moto Bross de cor preta.

Os desconhecidos não disseram nada e passaram atirar no ex-presidiário que foi alvejado com vários disparos e morreu no local, enquanto que os acusados fugiram e até agora não foram presos.

Durante as investigações, a polícia tomou conhecimento de Adenilson Mandú deixou o presídio há cerca de dois dias.

Paulo Cosme\Jota Ferreira