Em plenária, lideranças reafirmam apoio à Charliton Machado pela presidência do PT - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Em plenária, lideranças reafirmam apoio à Charliton Machado pela presidência do PT

Na reta final do Processo de Eleições Diretas, o Partido dos Trabalhadores realizou neste sábado (26), na sede do Sinttell, em João Pessoa, plenária da corrente interna “Construindo Um Novo Brasil”, que defende os nomes de Rui Falcão para reeleição à presidência nacional e Charliton Machado como presidente estadual do partido. O evento reuniu lideranças de aproximadamente 40 municípios.
Em entrevista à imprensa, Charliton destacou que além de festiva, a plenária do Partido dos Trabalhadores foi acima de tudo um momento de planejamento. “Na oportunidade, não só alavancamos, como também organizamos a campanha para a reta final, traçando toda uma estratégia de organização do Processo de Eleições Diretas”, afirmou
Charliton Machado lembrou ainda que “é preciso trabalho para que possamos chegar no dia 10 de novembro com todos os diretórios que nos apóiam preparados para este grande enfrentamento político de democracia do PT, e com o apoio das lideranças presentes, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais forças do Partido dos Trabalhadores, não temos dúvidas que estamos preparados para o desafio”.
O atual presidente do Partido dos Trabalhadores no Estado da Paraíba, Rodrigo Soares, destaca que o Processo de Eleições Diretas com o nome de Charliton Machado é um momento importante para o partido. “Teremos grandes desafios pela frente, como a reforma política que queremos discutir juntamente com a sociedade, acabando com o financiamento privado e o poder econômico”, destacou.
O presidente do PT paraibano destacou ainda que após o PED, o Partido dos Trabalhadores irá aprofundar o projeto de desenvolvimento e a construção do programa de governo para Paraíba. “Charliton Machado é uma peça muito importante dentro deste processo em que o blocão, PT, PP e PSC, irá apresentar candidaturas próprias ao Governo do Estado e Senado Federal nas eleições do próximo ano, a partir da experiência nacional”, disse.
Assessoria de Imprensa