João Pessoa 11/12/2018

Início » Esporte » Em último compromisso de 2018, Brasil vence Camarões com gol de Richarlison

Em último compromisso de 2018, Brasil vence Camarões com gol de Richarlison

No último compromisso em 2018, a seleção brasileira contou com um gol de Richarlison para vencer Camarões, por 1 a 0, no estádio do Milton Keynes, na Inglaterra.

No total, a seleção brasileira fez 14 jogos no ano, com 12 vitórias, um empate e apenas uma derrota, para a Bélgica, nas quartas de final da Copa na Rússia.

Autor do gol sai do banco

Como já apontava Tite, a seleção brasileira teve novidades. Entre elas, Allan. No primeiro bom ataque brasileiro, o volante recebeu na área, deixou o zagueiro no chão e finalizou, parando em bela defesa de Onana.

Quando a coisa começava a esquentar, Neymar teve de sair do campo. Após chute de direita, o camisa 10 sentiu a coxa, recebeu atendimento e acabou deixando o campo. Richarlison entrou.

Com Richarlison e Firmino na frente, o Brasil perdeu criatividade. As coisas também não funcionavam tão bem no meio, já que Camarões apertava a saída e, muitas vezes, conseguia roubar a bola.

A saída errática no meio não foi tão prejudicial, já que o time de Seedorf não soube aproveitar. Já a falta de criatividade na frente fez com que poucas chances aparecessem.

Roberto Firmino não aproveitou as dele, parando com os pés em Onana e mandando para fora de cabeça. Já Richarlison teve melhor aproveitamento e, após cobrança de escanteio na área, marcou de cabeça.

Poderia ter sido mais

Seedorf soltou mais o time no segundo tempo. O empate quase saiu quando Bahoken recebeu de Ekambi na pequena área, mas acabou desviando para fora.

Logo na sequência, o Brasil conseguiu contragolpe e, após Ondoa, que entrou no lugar de Onana, trombar com a zaga e ficar no chão, Gabriel Jesus, que veio na vaga de Firmino, teve tudo para abrir 2 a 0, mas mandou no poste.

O duelo ficou lá e cá. Se de um lado Ekambi deu trabalho para Ederson, do outro Danilo mandou chute de canhota no cantinho, com a bola passando raspando a trave.

Com as alterações propostas, a seleção assumiu o controle do jogo e teve diversas chances de vencer por um placar maior, mas Ondoa, com grandes defesas, manteve o 1 a 0. Tite fecha o ano com outro triunfo.

O Gol