Empresário é preso no Norte acusado de integrar quadrilha de roubo de sacas de café - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Empresário é preso no Norte acusado de integrar quadrilha de roubo de sacas de café

colheita malditaO empresário Ariel Spessemille, 29 anos, foi preso em sua loja de suplementos agrícolas no distrito de Água Limpa, interior de Jaguaré, sob a suspeita de participar de uma quadrilha de roubo de sacas de café no Norte do Estado. Os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão foram cumpridos na tarde desta sexta-feira (13), por policiais civis e militares de Pinheiros e Jaguaré.

Segundo o titular da delegacia de Jaguaré, delegado Douglas Vieira, que comandou a “Operação Conilon II – A Colheita Maldita”, existem provas concretas do envolvimento de Ariel na quadrilha presa em flagrante na Operação Conilon I, realizada no último dia 29 de maio, em Pinheiros. A ação policial anterior tinha resultado na prisão de nove pessoas.

“Durante um roubo ocorrido em uma propriedade rural em Pinheiros, um dos chefes da quadrilha, que já está preso, ligou para Ariel informando que a ação criminosa havia sido um sucesso. Ariel, então, orientou o chefe do bando sobre a melhor estrada a seguir com os dois caminhões com as sacas de café roubadas até chegar a sua propriedade”, conta o delegado.

Na loja de Ariel, os policiais encontraram 550 projéteis calibre 22, intactos. Já na propriedade da família do empresário, foram apreendidas aproximadamente 120 sacas de adubo sem nota, supostamente roubadas em uma propriedade rural de Pinheiros no mês de fevereiro deste ano.

Na delegacia, Ariel confessou ter comprado o adubo de Vanderlei Dias Rocha, apontado como o chefe da quadrilha, preso em flagrante. Porém ele negou saber que as sacas eram roubadas.

Segundo o delegado Douglas Vieira, após ser ouvido e autuado em flagrante por posse irregular de munição, Ariel foi encaminhado para o CDP de São Mateus, onde ficará à disposição da Justiça.

PUBLICIDADE