João Pessoa 12/12/2018

Início » Paraíba » Estudante é atingida na cabeça por uma barra de ferro dentro de escola em Campina Grande

Estudante é atingida na cabeça por uma barra de ferro dentro de escola em Campina Grande

Local onde a estudante estava está interditado para manutenção. Adolescente teria se pendurado na barra de ferro quando o objeto se soltou e causou o acidente, diz SEE-PB.

Estudante foi socorrida por uma equipe do Samu e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande — Foto: João da Paz/Ascom Trauma de Campina Grande

Uma estudante ficou ferida na manhã da sexta-feira (23) após uma barra de ferro atingir a cabeça dela, em uma escola estadual de Campina Grande. De acordo com a assessoria da Secretaria de Estado da Educação (SEE-PB), o local onde a adolescente estava no momento do acidente está interditado para manutenção e alguns tapumes foram retirados pela comunidade, no bairro das Malvinas.

A Secretaria de Estado da Educação informou que o espaço estava isolado por tapumes para garantir a segurança dos alunos do Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente José Jofilly (Caic), mas uma parte do local foi aberto. Segundo a assessoria, a aluna teria entrado na área interditada e se pendurado em uma barra de ferro quando o objeto se soltou e atingiu a cabeça dela.

O Serviço de Atendimento Móvel de Saúde (Samu) foi acionado ao local e a aluna foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Segundo a assessoria, a família da adolescente foi informada e está recebendo apoio da gestora da escola e da 3ª Gerência Regional de Ensino do Estado.

De acordo com a Secretaria de Educação, a empresa que realiza a manutenção no local onde a adolescente ficou ferida foi advertida e notificada. Na manhã deste domingo (25), os tapumes retirados serão colocados no espaço novamente.

A assessoria disse ainda que, na noite da sexta-feira, a diretora da escola entrou em contato com a família da adolescente, que informou que ela continuava internada na unidade de saúde aguardando cirurgia. A gestora afirmou que tentou contato novamente neste sábado (24), mas não conseguiu.

G1-PB