Europa dá luz verde a gadgets nos aviões

aviaoA Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) aprovou o uso de dispositivos eletrónicos pessoais durante todas as fases do voo. O organismo vai publicar as normas para esta nova realidade no fim do mês de novembro, altura em que as companhias aéreas europeias poderão começar a permitir aos passageiros o uso de tablets, smartphones, leitores de e-books, entre outros, mesmo durante a partida e aterragem.

Isto não significa, todavia, que passe a ser possível usar o telemóvel. As normas indicam que os dispositivos com capacidades de comunicação terão de ser colocados no modo de voo, para desligar os rádios. Ainda assim, a EASA indica que está a “estudar novas formas de certificar o uso de telemóveis a bordo do avião para efetuar telefonemas”.