Ex-ministro de Lula é condenado por improbidade

anderson adautoO Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou o ex-ministro dos Transportes Anderson Adauto por improbidade administrativa.

 

O político, que trabalhou no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi acusado de usar dinheiro público para promoção pessoal entre 2006 e 2007, quando era prefeito de Uberaba (MG), e corre o risco de ficar inelegível em função da Lei Ficha Limpa.

 

A condenação é definitiva. Adauto ainda foi multado em R$ 10 mil.

 

Band