Ex-namorada de Pato comandará reformulação para tirar Milan de crise

ex-namorada-de-pato-barbara-berlusconi-chega-ao-estadio-san-siro-em-milao-para-assistir-ao-duelo-do-milan-contra-o-celtic-pela-liga-dos-campeoes-1379529799163_80x80Barbara Berlusconi foi convocada pelo presidente do Milan – e seu pai, Silvio – para comandar uma reestruturação no time italiano. A ex-namorada de Alexandre Pato será responsável por reuniões, ações de marketing e vendas e pode substituir em breve Adriano Galliani, diretor executivo e principal cartola do clube há 27 anos.

Atualmente, o Milan tem apenas 12 pontos no Campeonato Italiano (19 menos que a líder Roma): são apenas três vitórias em onze jogos. Este é o pior início de uma temporada para o clube rossonero desde 1981/1982. Com a sequência negativa, o técnico Massimiliano Allegri corre sério risco de ser demitido do cargo.

De acordo com o jornal Gazzetta Dello Sport, Barbara já teria comandado reuniões com os ex-jogadores Paolo Maldini e Demetrio Albertini para conversar sobre seus planos para a equipe. Os dois poderiam ter algum cargo na nova gestão.

A empresária pretende fortalecer um tripé formado por ações de marketing, geração de talento e resultados esportivos – todos setores que não estariam funcionando bem.

Por enquanto, Barbara Berlusconi e Adriano Galliani irão trabalhar juntos, mas é possível que o principal gestor do clube deixe o cargo com as reformulações. Um dos motivos para o enfraquecimento de Galliani são algumas negociações questionáveis, a principal delas é a contratação do atacante Matri, que veio da Juventus por 10 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões) e não conseguiu se firmar.

O cartola porém, foi responsável por trazer Kaká e Balotelli, dois dos principais jogadores da equipe atualmente, e é amigo pessoal de Silvio Berlusconi.


Time de 11 famosas que conquistaram os boleiros11 fotos

7 / 11

Filha de uma das personalidades mais famosas da Itália, Bárbara Berlusconi é namorada do atacante Alexandre Pato Almeida Rocha/Folhapress