Fã tenta matar Ana Hickmann em hotel de BH

a

Um homem morreu depois de tentar balear a apresentadora Ana Hickmann, na tarde deste sábado, em um hotel de luxo localizado no bairro Belvedere, em Belo Horizonte. A cunhada e assessora da artista, Giovana Oliveira, acabou baleada no ataque.

 

De acordo com a polícia, o atirador, reconhecido como Rodrigo Augusto de Pádua, 30 anos, tinha como alvo a apresentadora, que estava em Belo Horizonte para fazer a divulgação da marca que leva seu nome.

 

Segundo a polícia, o atirador seria um fã da apresentadora. Ele abordou o cunhado de Ana, Guto Corrêa, no corredor do hotel e o obrigou a levá-lo ao quarto onde estava a artista.

 

No quarto estavam Ana e Giovana. Ao chegar ao local, o agressor mandou que todos se sentassem de costas e passou a ofender a apresentadora e falar frases desconexas, segundo a polícia.

 

O cunhado de Ana, então, partiu para cima do agressor, que efetuou três disparos. Dois deles atingiram Giovana, no braço e no abdômen.

 

Após atingir a assessora de Ana, o atirador acabou baleado e morto durante a luta corporal travada com Guto, que então entregou a arma na recepção do hotel e solicitou que a polícia fosse chamada.

 

Segundo a reportagem do Brasil Urgente, Giovana foi encaminhada a um hospital da região, onde será operada, e não corre o risco de morrer.

Band