Fabrício Queiroz: ‘MP tá com um cometa para enterrar na gente’

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), Fabrício Queiroz, acredita que a investigação do Ministério Público do Rio sobre as ‘rachadinhas’ pode gerar um problema “do tamanho de um cometa para enterrar na gente”.

Em áudios de WhatsApp obtidos e divulgados pelo jornal Folha de São Paulo, Queiroz se diz abandonado e acredita que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deveria usar a estrutura policial contra aqueles que lhe causam dificuldades.

Em gravações de julho deste ano, o policial militar aposentado diz: “É o que eu falo, o cara lá está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar aí. Ver e tal… É só porrada. O MP tá com uma pica do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir.”

“Era para a gente ser a maior força, a gente. Está todo mundo temendo, todo mundo batendo cabeça”, completa.

O interlocutor de Queiroz não é identificado no áudio. A fonte que repassou as gravações ao jornal Folha de São Paulo não teve o nome revelado.

Jovem Pan