Fachin intima Renan a depor e manda PF fazer buscas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça, 5, uma série de mandados de busca e apreensão, além de medidas de sequestro de bens, por ordem do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte. O senador Renan Calheiros (MDB-AL) foi intimado para prestar depoimento no âmbito da investigação.

Segundo o advogado Luiz Henrique Machado, Renan recebeu a intimação em Maceió, mas não há cumprimento de mandados judiciais em endereços ligados ao parlamentar.

Segundo a PF, as ações são realizadas no âmbito de uma investigação em curso junto ao Supremo Tribunal Federal. A Corte tem competência sobre apurações envolvendo investigados com foro privilegiado.

As ações começaram nas primeiras horas desta manhã, mas os alvos das diligências ainda não foram divulgados.

Em nota, a PF informou que, por ordem de Fachin, não comentará as ações.

Estadão