Felipe Leitão dispara: “o Democratas está ficando pequeno para mim e para o alcaide de Cabedelo”

O deputado estadual Felipe Leitão (DEM) foi convidado pelo presidente do Avante, Genivaldo Matias, para integrar a sigla e concorrer à prefeitura de Cabedelo em 2020. Até pouco tempo, Leitão possuía relação política de aliança com o atual prefeito do município, Vitor Hugo, também do DEM, porém esta ligação foi rompida. Devido a este fator, o parlamentar tem manifestado apoio à candidatura de Sales Dantas, da oposição, que, além de pré-candidato, é presidente do Partido Social Brasileiro (PSB).

Felipe Leitão se disse honrado com a proposta de Genival Matias, mas crê que ainda é cedo para comentar sobre o assunto.

“Hoje, na cidade de Cabedelo, eu estou apoiando a pré-candidatura de Sales Dantas. Se ele não se viabilizar, daí nós vamos rever, reanalisar, sentar com os amigos, sentar com as bases, sentar com o partido, com a população cabedelense, para ver quais rumos iremos tomar. Foi feito o convite para [eu fazer parte do] Avante e eu vou analisar com muito carinho, até porque o Democratas está ficando pequeno para mim e para o alcaide de Cabedelo”, declarou sobre uma possível saída do DEM.

Felipe ainda comentou a respeito da falta de opções para a prefeitura de Cabedelo e o lançamento de sua pré-candidatura à prefeitura de João Pessoa, pelo DEM.

“Meu nome está posto na cidade de João Pessoa, então como é que eu posso assumir de uma hora para outra uma candidatura em Cabedelo? Eu sei que a população de Cabedelo está pedindo nosso nome, tem pedido nosso socorro, mas o nosso nome está posto, até que se prove o contrário, aqui na cidade de João Pessoa, mas a gente não pode dizer dessa água nunca beberei”, finalizou, deixando em aberto.

ParaíbaJá