Festa em casa para ver Messi no Sul - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Festa em casa para ver Messi no Sul

messi completou 27 anosRio Grande do Sul – Messi poderá festejar o aniversário de 27 anos como se estivesse jogando no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Nesta quarta-feira, às 13h, em um Beira-Rio lotado de argentinos (dentro e fora do estádio), os hermanos entram em campo contra a Nigéria para tentar assegurar o primeiro lugar do Grupo F e celebrar o craque da equipe, que ontem completou mais um ano de vida.

Até porque, desde a estreia contra a Bósnia, só Messi mostrou, ainda que remotamente, a que veio no Brasil. Fez dois golaços para garantir as duas vitórias em jogadas individuais. Os demais astros do ataque argentino, Di María, Higuaín e Agüero, foram bem discretos e pouco fizeram em campo. Tanto que o goleiro Romero, sempre contestado, recebeu muitos elogios pela atuação no difícil jogo contra o Irã.

“Muito obrigado por todas as mensagens de parabéns.Meu presente perfeito este ano seria ganhar a Copa, mas vamos passo a passo. Primeiro, vamos nos concentrar em ganhar a partida de amanhã (quarta) e terminar como líder do grupo”, agradeceu Messi em uma rede social.

Desde o começo da semana, Porto Alegre está pintada de azul e branco. De acordo com estimativas do governo, cerca de 100 mil argentinos estão na cidade — 70 mil sem ingresso.
Uma presença em peso de fãs que se mostram apaixonados: os hermanos lotaram as ruas em volta do hotel que hospeda a equipe e do estádio Beira-Rio. A polícia federal e o Exército, inclusive, precisaram preparar um esquema especial de segurança para o confronto.

Apesar do resultado ruim contra o Irã, o técnico Alejandro Sabella já adiantou que manterá
o ‘quadrado mágico’ e a formação 4-3-3 — um pedido de Messi após o duelo contra a Bósnia. A única provável mudança é a entrada de José Maria Basanta no lugar do lateral-esquerdo Marcos Rojo, o único pendurado na equipe. Se Messi conseguir superar o goleiro nigeriano Enyeama — que parou o craque na Copa de 2010 — poderá celebrar hoje como de hábito: com muitos gols.

O Dia