Figueirense leva novo W.O, jogadores desmentem diretoria e greve segue no Scarpelli

Figueirense leva novo W.O, jogadores desmentem diretoria e greve segue no Scarpelli

A greve segue no Orlando Scarpelli: o elenco do Figueirense não foi a campo nesta quinta-feira, dessa vez no Brasileiro de Aspirantes. Além disso, depois de a diretoria do clube ter divulgado comunicado informando pagamento de parte dos salários de funcionários e atletas da base, os profissionais do elenco profissional se manifestaram.

O grupo de jogadores esteve nas dependências do clube, mas não treinou e, em pronunciamento feito pelo volante Zé Antônio, rebateu a nota divulgada pela diretoria.  “Devido a uma nota publicada hoje, onde, através da comunicação do clube foi dito que os salários foram pagos e colocado em dia, é mentira, foram pagos os salários, sim, mas tem muita coisa para ser resolvida ainda.

Não foi quitado tudo”, disse.  Zé Antônio ainda se irritou com o fato de ter seu nome divulgado na nota oficial do clube. “Tentaram jogar a torcida contra mim”, contestou o meia.  O Figueirense se recusou a entrar em campo na terça, contra o Cuiabá, pela Série B, fato que se repetiu nesta quinta, contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

O Figueirense tem jogo marcado para sábado, contra o CRB, pela Série B. Questionados se entrariam em campo, os atletas disseram que informarão a decisão nos próximos dias, sem descartar a possibilidade de outro W.O.  Reforços?  Além dos jogadores que já fazem parte do elenco alvinegro, foram vistas no Scarpelli algumas novidades.

A diretoria catarinense, de momento, não confirmou nenhum reforço.  Nos bastidores, porém, o que se ouve é que os dirigentes se preparam para uma possível debandada no elenco. A maioria dos reforços chegariam por empréstimo.  Oito nomes já estariam encaminhados: Walber (zagueiro, 22 anos),

Demethryus (meia, 20 anos), Danilo Boza (lateral direito, 21 anos), Lucas de Andrade (zagueiro, 19 anos), Christian (volante, 23 anos), Raphael Soares (lateral esquerdo, 27 anos), Léo Costa (meia, 33 anos) e Éverton Santos (atacante, 32 anos).

O Gol