Finais da NBA: LeBron joga muito, mas quem leva a primeira é o Golden State

nba finalEm jogo com a Oracle Arena,em Oakland, lotada (e ingressos de camarote a R$ 300 mil) o Golden State foi um time. Seus titulares foram bem no ataque e na defesa e os reservas foram excepcionais (marcaram 31 pontos, o rival menos da metade), enquanto o Cleveland  Cavaliers sobreviveu graças a Kyrie Irving e LeBron James. Principalmente LeBron. Praticamente jogando sozinho, o astro teve um de suas maiores atuações na carreira, marcando 44 pontos, sua maior marca em playoffs e a melhor na temporada. Mas não adiantou. No fim, o coletivo do Golden State Warriors levou a melhor: 108 a 100 na prorrogação (o tempo normal ficou  98 a 98). Abriu 1 a 0. E o próximo jogo desta melhor de sete ocorrerá neste domingo.

Para o Cavs, o fato de apenas três jogadores terem pontuado no segundo tempo inteiro (Irving, Mozgov e LeBron) acabou sendo fatal. Irving, que saiu machucado no fim da prorrogação e é dúvida para a próxima partida, marcou 23 pontos. Mozgov, 16. Para o Golden State, Curry marcou 26 pontos e Klay Thompson, 21. Iguodala também foi muito bem, marcado 15 pontos e sendo o único a conseguir marcar LeBron. O brasileiro Leandrinho  jogou nove minutos, marcou dois pontos, teve três rebotes e uma assistência, mas cometeu três erros que comprometeram a sua atuação.

O jogo começou cheio de erros de lado a lado, mostrando que os times estavam muito nervosos em quadra. Para se ter ideia, após três minutos o placar indicava meros 3 a 2 para o Cleveland Cavaliers. Foi nesse momento que LeBron James chamou o jogo para si e marcou nove dos 11 primeiros pontos do Cleveland, dando a tranquilidade necessária para o time seguir em vantagem no primeiro quarto. Embora o Golden State tivesse acordado na partida, com Bogut bem nos tocos (anulou pontos certos de LeBron) ,e Curry conseguisse armar as jogadas, o Cleveland não teve dificuldade em fechar o quarto em tranquilos 29 a 19.

O segundo quarto teve uma mudança de postura do Golden State na marcação a LeBron James, que não conseguiu encontrar tantos espaços. Assim, embora Shumpert estivesse com os arremessos de três pontos calibrados para o Cleveland, o Golden State conseguiu empatar o placar em 49 quando Curry e Klay Thompson conseguiram uma sequência de três bolas de três. Porém, um tiro certeiro de Smith no segundo final do prmeiro tempo garantiu a apertada vantagem para o Cleveland no intervalo, 51 a 48. Neste primeiro tempo, LeBron saiu com 19 pontos, contra 14 de Curry.

MAIS BASQUETE

O terceiro quarto mostrou o Golden State muito ligado na marcação e seus reservas eficazes nos pontos (o Cleveland praticamente só balançava o placar com LeBron e Irving). O que pegava para o time da casa era que eles cometiam muitos erros (turnovers) e perdiam bolas fáceis. Assim, o Cavs seguiu na frente quase até o finzinho. Só que no último ataque deste quarto, a defesa do Golden State induziu LeBron James a um erro. Iguodala conseguiu ficar com a bola e arrancou para uma enterrada no último segundo, empatando o jogo em 73 a 73 e colocando fogo no quarto final.


LeBron fez 44 pontos, seu recorde em finais. Mas saiu de quadra derrotado (AFP)

E ele foi sensacional. Sem LeBron James e Curry em quadra – eles começaram no banco para descansarem – o Golden State passou à frente e chegou a 78 a 75. E poderia ter ampliado a diferença, mas nas três bolas que o Cavs perdeu no ataque, o brasileiro Leandrinho, que é o reserva de Curry, foi infeliz: errou três passes (e foi sacado). Sentindo que o time não evoluiria se o seu astro maior estivesse fora, o treinador do Cavs recolocou LeBron em quadra para que o time voltasse ao jogo. O placar ficou apertado, com os times abrindo um ou dois pontos de frente, perdendo a vantagem. Restando 31 segundos o placar estava empatado em 98 a 98 após dois lances livres do russo Mozgov para o Cavs.

Na jogada seguinte, o Golden State foi para um lance individual com Curry, que cortou a marcação e entrou para a bandeja, mas levou um bloqueio de Kyrie Irving. LeBron e Shumpert tentaram o aremesso, mas erraram e o jogo foi para a prorrogação.

Na prorrogação, pane no Cleveland e atuação consistente de Curry. Enquanto o Cavs só foi conseguir fazer ponto no último ataque, quando o placar já estava 108 a 98, o Golden State esbanjou variações ofensivas e abriu confortável vantagem, vencendo o primeiro jogo da final.

Lancenet