Flamengo define ‘bolada milionária’ para vender Lincoln para o Barcelona, diz jornal

Atualmente com a Seleção Brasileira na disputa do Mundial sub-17, na Índia, Lincoln vem em grande forma. Fez três gols em três partidas disputadas e é o artilheiro da competição até aqui. Sem Vinícus Júnior, que não foi liberado pelo Flamengo para atuar pela Amarelinha, ele surge, ao lado do companheiro Paulinho, promessa do Vasco, como protagonista do time do técnico Carlos Amadeu.

A imprensa espanhola destaca que a parceria de Lincoln com Vinícius Júnior nas categorias de base da Seleção Brasileira e também do time carioca fez com que o Barcelona demonstrasse o interesse. Além disso, não ‘perder’ mais uma joia do futebol brasileiro é algo descartado no Camp Nou, já que Vinícius, sonho de consumo catalão, acabou sendo contratado pelo rival Real Madrid neste ano. O contrato com o time da Gávea vai até janeiro de 2020.

Aos 16 anos, Lincoln é tratado internamente com carinho dentro do Flamengo. Como só faz 17 anos no dia 16 de dezembro deste ano, não é garantido nem que seja aproveitado no time profissional em 2018. Em um determinado momento do ano, quando o clube perdeu Guerrero para a seleção peruana e Vizeu machucado, o nome do jovem foi levantado pela torcida para ser o centroavante. No entanto, Rodrigo Caetano, diretor de futebol, descartou e afirmou que não haverá pressa para subir o garoto ao time de cima. Na ocasião, Lucas Paquetá acabou improvisado por Reinaldo Rueda.