Flu frustra torcida e perde para o Vitória no Maracanã - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Flu frustra torcida e perde para o Vitória no Maracanã

Conca flu perdeO contra-ataque foi a arma utilizada pelo Vitória para surpreender o Fluminense, neste sábado, no Maracanã. Organizado e explorando os espaços dos donos da casa, a equipe de Ney Franco calou os mais de 50 mil torcedores que foram ao Maior do Mundo: 2 a 1. Marquinhos marcou duas vezes no segundo tempo. Wágner (em posição irregular) descontou para o Tricolor já nos minutos finais.

A primeira derrota de Cristovão Borges nas Laranjeiras teve consequências na tabela de classificação. O Tricolor perdeu a invencibilidade na competição e a liderança para o Cruzeiro, que venceu o Atlético-PR, no Mané Garrincha. Já o Leão conseguiu a primeira vitória e assume, por ora, a nona posição.

No próximo domingo (11/05), o Fluminense faz o clássico contra o Flamengo, às 16h, no Maracanã. No mesmo dia, o Vitória terá o Bahia pela frente, às 18h30, na Fonte Nova.

DOMÍNIO TRICOLOR

O primeiro tempo começou movimentado, com dois chutes de Rafael Sobis, mas o contra-ataque do time visitante se apresentando perigoso. Porém, ainda antes dos 25 minutos, o Time das Laranjeiras controlou a posse de bola e a equipe de Ney Franco passou a praticamente só se defender. Aos 32 minutos, Sobis – sempre ele – deu mais um chute, cruzado, mas Wilson espalmou.

Logo na sequência, Conca e Wagner fizeram boa jogada pela direita, mas não conseguiram acertar na finalização. O Tricolor continuou pressionando em cobranças de falta e cruzamentos, porém, até o final da primeira etapa, a partida teve muito mais faltas do que futebol.

CONTRA-ATAQUES MORTAIS
A segunda etapa começou como a primeira: pressão tricolor frenta à retranca baiana. Com menos de cinco minutos, Wagner já tinha obrigado Wilson a grande defesa, Sobis deu mais um chute e Fred também incomodou. Mas o placar foi alterado mesmo com Marquinhos, aos oito minutos. O chute de fora da área do meia do Vitória desviou e enganou Diego Cavalieri.

O Tricolor continuou pressionando, só que, com mais pressa. Só que, mesmo com as alterações, as dificuldades continuavam. Logo que entrou, Walter viu uma bola sobrar em seu pé direito próximo ao gol de Wilson, mas a zaga conseguiu se recuperar a tempo.

Com o passar do tempo, as oportunidades pareciam ficar cada vez mais distantes para o Tricolor, que não tinha a mesma organização. Como resultado, mais uma bola que sobrou para Marquinhos que, oportunista, ampliou. O Flu conseguiu diminuir com Wagner, em rebote após cobrança de falta, em posição irregular, mas foi tarde.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 2 VITÓRIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 3/5/2014 – 21h
Árbitro: Marcos André da Penha (ES)
Auxiliares: Ramires Santos Candido (RS) e Leonardo Mendonça (RS)
Público/renda: 44.975 pagantes/ R$ 609.195,00
Cartões amarelos: Fred (FLU) e Souza (VIT)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Marquinhos (aos 8’/2ºT e 37’/2ºT) e Wagner (aos 42’/2ºT)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivélton e Carlinhos; Diguinho, Jean, Wágner e Conca; Rafael Sobis (Walter, 26’/2ºT) e Fred – Técnico: Cristovão Borges.
VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Rodrigo, Dão (Matheus, 42’/2ºT) e Juan; Luiz Gustavo, José Welison e Marquinhos; Souza (Vinícius, 23’/2ºT), Hugo e Caio – Técnico: Ney Franco.

Lancenet