Fluminense tem parte da venda de Pedro penhorada pela justiça

Fluminense tem parte da venda de Pedro penhorada pela justiça

A fase do Fluminense é complicada dentro e fora de campo. O time foi derrotado pelo Palmeiras, por 3 a 0, em rodada atrasada do Brasileirão, e segue na zona de descenso. E nos tribunais, a Justiça determinou a penhora de R$ 11.823.396,30 da venda de Pedro à Fiorentina. O pedido foi feito pela empresa MPI S.À R.L., sediada em Luxemburgo, e acatada pela juíza Flávia Justus, da 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A empresa busca reaver a parte a que tinha direito na venda de Gerson para a Roma em 2015. A notícia foi dada pelo jornal Lance. Uma audiência de conciliação foi marcada para o dia 24 de setembro. Até lá, a quantia fica depositada em uma conta judicial e só pode ser retirada pela empresa com um acordo amigável não seja estabelecido ou ao final do processo.

Desde 2018, a empresa de Luxemburgo tenta receber a quantia, que era de quase R$ 5 milhões à época e agora, com juros, já chega a quase R$ 12 milhões. Pela venda de Pedro, o tricolor carioca vai receber cerca de R$ 36,5 milhões.

O Flu ainda manteve 20% dos direitos econômicos de Pedro, o que pode render dinheiro ao clube futuramente.

O Gol