Fluxo cambial acumula saldo negativo de US$ 4,724 bilhões em outubro - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Fluxo cambial acumula saldo negativo de US$ 4,724 bilhões em outubro

dolarO fluxo cambial brasileiro, entrada e saída de dólares do país, ficou negativo em 4,724 bilhões de dólares em outubro até o dia 25, informou o Banco Central nesta quarta-feira. Este é o quinto mês consecutivo em que as saídas de dólar superam as entradas. Desde o início do ano, o fluxo só foi positivo nos meses de março (391 milhões de dólares), abril (3,515 bilhões de dólares) e maio (10,755 bilhões de dólares). Em todos os outros, a conta fechou no vermelho, com a maior saída verificada em agosto (5,850 bilhões de dólares) e a menor, em fevereiro (105 milhões de dólares).

O saldo negativo foi de 244 milhões de dólares apenas na semana passada, acelerando o ritmo em comparação ao déficit visto entre os dias 14 e 18 passados, de 140 milhões de dólares.

Entre os dias 21 e 25 passados, a conta financeira – por onde passam os investimentos estrangeiros diretos e em portfólio, entre outros – ficou positiva em 244 milhões de dólares, dos quais em apenas um dia (24) houve entrada de 1,263 bilhão de dólares. Na semana anterior, a conta financeira havia ficado negativa em 1,234 bilhão de dólares. No acumulado do mês, ela registra saída líquida de 2,838 bilhões de dólares.

Já a conta comercial registrou déficit de 488 milhões de dólares na semana passada, fazendo o saldo negativo no mês ficar em 1,886 milhão de dólares. No ano, a conta financeira acumula déficit de 12,502 bilhões de dólares e a conta comercial, superávit de 7,957 bilhões de dólares.

No comércio exterior, o saldo foi negativo em 5,046 bilhões de dólares no período, com importações de 19,908 bilhões e exportações de 14,862 bilhões. Nestas últimas, estão incluídos 2,834 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), 3,541 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e 8,487 bilhões de outras entradas.

De acordo com os dados do BC, os bancos terminaram setembro vendidos em 6,511 bilhões de dólares. No final de agosto, estavam vendidos em 4,190 bilhões. Essa posição vendida no mercado de câmbio foi vista nos quatro primeiros meses de 2013, mas acabou revertida de maio a julho. No jargão financeiro, estar “comprado” significa expectativa de que a cotação do dólar pode subir. Isso porque, ao ter a moeda em caixa, é possível lucrar com uma eventual alta das cotações. Já estar “vendido” representa previsão de queda da moeda.

(com agência Reuters)