FMI: PIB do Brasil deve ter o 6º pior desempenho do mundo em 2016

FMI: PIB do Brasil deve ter o 6º pior desempenho do mundo em 2016

dinheiro pib-pibA economia brasileira deve ter o sexto pior desempenho do mundo em 2016, segundo um relatório divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta terça-feira (12). O órgão piorou, nesta terça-feira (12), a projeção de queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para 3,8%, frente à estimativa anterior de contração de 3,5%, feita em janeiro.

Quedas do PIB em 2016
Previsões do FMI de economias que vão encolher
-8-7,8-7,4-7,2-4,5-3,8-3-2,7-2-2-2-2-1,8-1,3-1VenezuelaRepública do Sudão do SulGuiné EquatorialMacauEquadorBrasilAzerbeijãoBielorrúsiaAmérica do SulSurinameBruneiLíbiaRússiaPorto RicoArgentina-100-7,5-5-2,5
Fonte: FMI

O desempenho do Brasil deve ficar bem abaixo de outros países da região da América Latina e Caribe, que deve ter contração de 0,5% em 2016. O México deve crescer 2,4% em 2016. Países do Oriente Médio, Norte da África, Afeganistão e Paquistão devem crescer, juntos, 3,1%.

O desempenho do Brasil deve ficar bem abaixo de outros países da região da América Latina e Caribe, que deve ter contração de 0,5% em 2016. O México deve crescer 2,4% em 2016. Países do Oriente Médio, Norte da África, Afeganistão e Paquistão devem crescer, juntos, 3,1%.

Já em comparação à média de outros países emergentes, incluindo China e Rússia, o PIB brasileiro fica bem atrás. A economia desses mercados deve crescer 4,1% este ano, prevê oFMI.

Apesar de o FMI ter piorado a projeção de queda do PIB brasileiro em 2016, a posição do país na economia mundial melhorou desde a última estimativa feita em janeiro. O Fundo havia estimado que a economia do Brasil teria o segundo pior desempenho entre todos os países do mundo.

Melhores do ‘ranking’
No outro extremo da lista, Mianmar é o país com o maior crescimento projetado para 2016 pelo FMI, de 8,6%. Na segunda colocação, vem o PIB da Costa do Marfim, que deve avançar 8,5% este ano, se a previsão do Fundo estiver correta.

Butão, Iraque, Camboja, Índia e o Sul da África devem crescer a partir de 7% em 2016. Já a China terá um crescimento menor que nas projeções de anos anteriores, de 6,5%, segundo o FMI.

Previsões para 2017
Para o próximo ano, o PIB do Brasil deve ter o nono pior desempenho na lista de “perdedores” se as projeções do FMI se confirmarem. O órgão projeta crescimento nulo (0) para o país em 2017.

A Venezuela deve continuar na liderança da recessão, com contração esperada de 4,5%, seguida pelo Equador, que deve encolher 4,3% em 2017. Guiné Equatorial e Porto Rico aparecem em seguida, com recuos de 1,9% e 1,4%.

G1.Globo