Fotos mostram suposto pagamento de propina da Cruz Vermelha

Fotos mostram suposto pagamento de propina da Cruz Vermelha

Portal Correio teve acesso a imagens que revelam o que seria o funcionamento do suposto esquema de propina pago a pessoas envolvidas na Operação Calvário, que investiga desvio de dinheiro público pela Cruz Vermelha gaúcha, que gerencia hospitais paraibanos. Os secretários de Estado Livânia Farias e Waldson de Souza estão sendo investigados na 2ª fase da operação desencadeada nessa sexta-feira (1º).

A sequência de fotos mostra Michele Cardoso, uma das investigadas na operação do Ministério Público, chegando em um hotel no Rio de Janeiro com uma caixa supostamente de dinheiro. Ela chama o hóspede do hotel, que seria Leandro Nunes de Almeida, ex-assessor da secretária Livânia Farias, preso durante nessa sexta.

Ele desce, a cumprimenta e se senta para uma conversa. Depois Michele vai embora deixando a caixa. O hóspede paga a conta, pega a caixa e sai.

A descrição das imagens está no processo de investigação do Ministério Público, que coloca Leandro como o recebedor da caixa.

Confira abaixo a sequência

Portal Correio