França manda policiais ao Brasil para proteger torcedores durante a Copa do Mundo - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

França manda policiais ao Brasil para proteger torcedores durante a Copa do Mundo

proteção aos francesesSegundo o jornal Le Figaro, para “acompanhar e dar assistência” aos torcedores franceses que vão à Copa do Mundo, que começa no próximo dia 12, as autoridades do país enviarão sete policiais uniformizados ao Brasil. Cerca de 17 mil ingressos foram vendidos aos franceses, quase 11 mil a mais do que na Copa de 2010, na África do Sul.

Em entrevista ao jornal francês Le Figaro, o responsável da Divisão Nacional de Luta contra o Hooliganismo, Antoine Boutonnet, explicou que a segurança dos torcedores é uma questão crucial. O risco de tumulto cresce com tantos fãs de futebol concentrados em um mesmo lugar, num curto período de tempo.

Segundo o representante francês, os policiais vão servir de intermediários entre as autoridades brasileiras e os torcedores franceses. Ele chega nesta sexta-feira ao país para supervisionar a aplicação do dispositivo.

O objetivo dos policiais será antecipar situações de risco envolvendo os franceses, mas Boutonnet acredita que não haverá incidentes. “É um público festivo. Não tem nada a ver com os torcedores da Liga 1”, diz.

Para os jogos da França na primeira fase, a venda de ingressos bateu um recorde : 2 mil torcedores são esperados no dia 15 de junho no jogo contra Honduras, 3 mil no dia 20 de junho na partida contra a Suíça e 5 mil no dia 25 contra o Equador.

Federação Francesa de Futebol cria espaço para torcedores

A expectativa é de que mais do que o dobro de franceses esteja no Brasil em comparação à Copa na África do Sul, em 2010. As cidades brasileiras que vão sediar os jogos da seleção francesa, entre elas Porto Alegre, Salvador e Rio, terão espaços reservados aos torcedores, fora dos estádios, criados e mantidos pela Federação Francesa de Futebol. A seleção francesa ficará concentrada num hotel de luxo em Ribeirão Preto.

Os policiais também indicam a leitura do Guia do Torcedor, disponível no site do Ministério das Relações Exteriores, com informações sobre segurança, saúde, além de informações mais práticas sobre localização. Entre as dicas, o governo francês desaconselha o uso de objetos de valor, como jóias e relógios, por exemplo, e também orienta os turistas a sempre terem no bolso entre 20 e 50 reais em caso de tentativa de assalto, além, claro, de não reagir.
RFI