Francisco reza primeira missa de Natal de seu pontificado - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Francisco reza primeira missa de Natal de seu pontificado

papaO primeiro Natal do Papa Francisco foi marcado pela inauguração do tradicional presépio da Praça São Pedro, no Vaticano, que foi um presente da diocese de Nápoles. A cerimônia aconteceu na tarde desta terça-feira (24/12), com a presença do presidente do Governo da Cidade do Vaticano, cardeal Giuseppe Bertello, além de representantes do município de Nápoles. Como acontece em todos os anos, a partir das 21h30 (hora de Roma) será realizada a Missa do Galo, que abre o calendário litúrgico do Natal. Os cardeais, bispos e sacerdotes poderão participar da celebração ao lado do Pontífice. A tradicional Missa será precedida pelo rito da Kalenda, canto da antiguidade cristã que anuncia solenemente o nascimento de Jesus.

clima de emoção do Natal tomou conta da Praça São Pedro, com a performance da banda vaticana, que se apresentou durante a inauguração do presépio. A obra foi uma criação do artista napolitano Antonio Cantone, com figuras que chegam até dois metros de altura, feitas em terracota. O cardeal Giuseppe Bertello lembrou que é uma tradição para os romanos e para os peregrinos o momento de celebração natalina no Vaticano, considerando a celebração como um “momento de alegria e esperança”.

Este ano, o presépio foi montado junto ao obelisco da praça e tem como tema “Francisco 1223-Francisco 2013”. A frase é uma referência à São Francisco de Assis, santo que inspirou o Papa na escolha do nome para o seu pontificado e também foi o primeiro a montar um presépio. O cardeal Angelo Comastri, num ato simbólico, acendeu a “luz da paz” em nome do Papa Francisco.

Na Missa do Galo, um dos momentos que promete despertar maior emoção será quando o Papa Francisco será homenageado por 10 crianças representando os cinco continentes, que vão colocar flores para o Menino Jesus. Antes da Missa, está prevista uma celebração, quando o Papa acenderá o Círio da Paz, da janela de seu escritório, no Palácio Apostólico.

Jornal do Brasil