Fugitivo da Paraíba é preso dentro de hospital no RN acusado de estupros, assaltos e matar PM - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Fugitivo da Paraíba é preso dentro de hospital no RN acusado de estupros, assaltos e matar PM

Fugitivo da Paraíba é preso dentro de hospital no RN acusado de estupros, assaltos e matar PM1Uma operação conjunta entre as polícias Militar da Paraíba e do Rio Grande do Norte (RN) denominada ‘Divisa Segura’ resultou na prisão de Edson Soares de Lima, conhecido como ‘Neguinho de Paizinha’. Ele foi preso dentro do Hospital Universitário do RN quando se recuperava de uma cirurgia no maxilar após trocar tiros com a polícia. Edson é fugitivo da Cadeia Pública de Mamanguape, Litoral Norte paraibano, e acusado de assaltos a postos de combustíveis, estupros, roubo de veículos e pela morte de um tenente do Exército Brasileiro. Os crimes ocorreram na fronteira dos dois estados.

 

“Edson cumpria pena em Mamanguape desde 2012 após participar da morte do sargento Jerônimo durante assalto a um supermercado. Ele estava foragido desde o ano passado quando teve uma fuga na cadeia pública da cidade”, disse o capitão Alberto Andrade, que comanda 2ª CPMI da cidade e esteve à frente das investigações.

O capitão informou que após a fuga, o serviço de inteligência da PM de Mamanguape, vinha monitorando o acusado há meses e ficou constatado que o fugitivo estava agindo na divisa dos estados. O dinheiro dos crimes era usado para comprar artigos de luxo e fazer viagens a lugares paradisíacos, conforme constata no relatório da Polícia Militar da Paraíba.

Fugitivo da Paraíba é preso dentro de hospital no RN acusado de estupros, assaltos e matar PM

“Ele era muito agressivo nas ações. Temos imagens de circuito de câmeras de postos que foram alvos da quadrilha de Edson. Quando o fugitivo ia praticar os assaltos e ele percebia que tinha uma mulher, o acusado amarrava o homem e estuprava a mulher na frente do refém. Com o dinheiro arrecadado nos roubos, ele comemorava os crimes comprando whiskys 12 anos, fazendo viagens a pousadas em praias paradisíacas e adquirindo carro de luxo”, relatou o Capitão Alberto Andrade.

Segundo o capitão, a quadrilha de Edson Soares é responsável também por um latrocínio (roubo seguido de morte) que teve como vítima um tenente reformado do Exército Brasileiro do Rio Grande do Norte.

A prisão de Edson ocorreu no final da tarde desse sábado (4) e foi feita por policiais da 2ª CPMI de Mamanguape e Companhia da PM de Canguaretama-RN. Edson Soares de Lima deverá ser transferido para a Cadeia Pública de Mamanguape nos próximos dias.

A Polícia Civil do RN participou da prisão do foragido da justiça.

Portal Correio