Fugitivo é capturado quando assistia show no terreiro do Forró em Patos - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Fugitivo é capturado quando assistia show no terreiro do Forró em Patos

201306210840010000002832A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), por meio de agentes Penitenciários continuam realizando a Operação Guantánamo e, na noite dessa quinta-feira, 20, conseguiu recapturar mais um fugitivo.

No local onde está sendo realizado o terreiro de forró, na cidade de Patos, agentes do Presídio Romero Nóbrega e da Gerencia de Inteligência – GEPLASI-SEAP prenderam Erdeson Medeiros da Silva, de 33 anos.

Conhecido por “Edi” ou “Ed”, o fugitivo é natural de Porto Velho-RO. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária, ele é integrante do Primeiro Comando da Capital-PCC, responsável por chefiar o trafico de drogas na cidade de Sapé e de traficar nos Estados do Ceará (Fortaleza) e Rio Grande Norte, responde a trafico de drogas interestadual (artigo 40 da Lei de Drogas). Atualmente, encontrava-se foragido da Justiça condenado a cerca de 15 anos de prisão.

De acordo com a SEAP, “Edi ou Ed” cumpria pena no Complexo Prisional de Jacarapé em João Pessoa, porém teve sua progressão concedida para cumprir pena no regime semi-aberto na Comarca de Patos, onde encontra-se foragido desde o ano passado.

Erdeson Medeiros da Silva foi investigado na Operação Guantánamo realizada pela SEAP no mês passado na região de Patos, porem conseguiu fugir do cerco policial.

Equipes da SEAP não desistiram da captura ‘Edi ou Ed’, e para surpresa do diretor da Penitenciária de Patos, Jardson Fonseca e seus agentes penitenciários que investigavam o fugitivo, na noite de ontem (20.06.2013), no meio da multidão no Terreiro do Forró em Patos, avistaram o fugitivo assistindo ao show da Banda Baiana Chiclete com Banana.

Erdeson Medeiros da Silva não reagiu a prisão e agora encontra-se recolhido no Presídio Regional Romero Nóbrega em Patos.

Para o secretário de Administração Penitenciária do Estado, o delegado de Policia Civil Wallber Virgolino, “A ordem do governador Ricardo Coutinho é não parar de trabalhar nunca e, os agentes entenderam a mensagem, e conseguiram tirar de circulação mais um criminoso de alta periculosidade que zombava das autoridades, tendo a audácia de mesmo com mandado de prisão, teve a coragem de ir a uma das grandes e mais populosas festas de São João da Paraíba que acontece na cidade de Patos.

“Graças ao trabalho de nossa inteligência e da direção do Presídio de Patos, ‘ED’ vai dançar forró agora atrás das grades. estão de parabéns os agentes que participaram da operação, pois demonstraram perspicácia, comprometimento e seriedade no trabalho”, disse Wallber.

Cardoso Filho com assessoria