João Pessoa 20/02/2019

Início » Destaque » Funjope lamenta morte de Simão Cunha e diz que ator era apaixonado pela arte

Funjope lamenta morte de Simão Cunha e diz que ator era apaixonado pela arte

Ele foi vítima de suposto latrocínio na madrugada deste domingo (6), enquanto estava em um ponto de ônibus na Rua Guedes Pereira, em frente ao Comando Geral da PM, na Capital.

Funjope lamenta morte de Simão Cunha e diz que ator era apaixonado pela arte (Foto: Reprodução/Redes sociais Simão Cunha)

A Funjope (Fundação Cultural de João Pessoa) emitiu nota de pesar pela morte do ator e professor de teatro, Simão Cunha. Ele foi vítima de suposto latrocínio na madrugada deste domingo (6), enquanto estava em um ponto de ônibus na Rua Guedes Pereira, em frente ao Comando Geral da Polícia Militar, no Centro de João Pessoa.

Na nota, a Funjope diz que Simão era apaixonado pela arte de representar e que tinha foco em peças teatrais para crianças e jovens. A entidade lembrou, ainda, que um dos trabalhos mais recentes dele foi no ANIMACENTRO, projeto cultural da Prefeitura de João Pessoa.

Veja a nota na íntegra.

NOTA DE PESAR

Neste momento de perda para todos nós paraibanos, A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) se  solidariza com os parentes, amigos, companheiros de profissão e admiradores do professor de teatro e ator Simão Cunha. Apaixonado pela arte de representar, Simão sempre teve como foco encenações de peças teatrais para crianças e jovens. Um dos seus trabalhos mais recentes foi no ANIMACENTRO, projeto da Prefeitura de João Pessoa. É mais uma grande perda para a vida cultural da nossa cidade e do nosso Estado.

FUNDAÇÃO CULTURAL DE JOÃO PESSOA