Gastos com diárias nos poderes somam R$ 8 mi - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Gastos com diárias nos poderes somam R$ 8 mi

Nos últimos seis meses, os gastos com diárias no Poder Executivo estadual e nos demais poderes (Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Ministério Público) já passam de R$ 8 milhões, de acordo com informações disponibilizadas no Siafi, o Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado, que congrega todas as despesas realizadas mês a mês. A maior parte dos gastos se concentra nas secretarias e órgãos da administração estadual. A secretária de Finanças, Aracilba Rocha, explicou que houve uma redução nos gastos se comparado com os últimos anos. “A gente tem feito um controle excessivo para que não haja abusos”, disse.

download (2)Na administração direta, os maiores gastos foram realizados pela Secretaria de Segurança Pública, que totalizam R$ 534.231,50 em diárias. As despesas diminuíram se comparado com o mesmo período de 2012, que foram da ordem de R$ 556.375,00. Em seguida vem a Secretaria de Educação, que já vai gastando R$ 521.723,00 em diárias, valor bem superior ao que foi despendido no ano passado, no total de R$ 372.611,50, de janeiro a junho.

A Secretaria de Saúde ocupa o terceiro lugar em gastos com diárias. Pelos números disponibilizados no Siafi, as despesas já somam R$ 452.231,50. Em 2012, no mesmo período, os gastos passaram da casa dos R$ 500 mil. A Secretaria de Administração Penitenciária teve um aumento nas despesas realizadas este ano. Até agora já foram gastos R$ 277.150,00, enquanto que em 2012, as despesas até o mês de junho somaram R$ 228.455,00.

Já na administração indireta os maiores gastos são registrados no Departamento de Estradas e Rodagem (DER), que já somam R$ 770.345,00. Em 2012, o órgão gastou R$ 991.047,50, de janeiro a junho. O Projeto Cooperar ocupa a segunda posição entre os órgãos da administração indireta, tendo gasto até agora R$ 250.730,00, valor superior ao registrado em 2012, que foi de R$ 224.545,00. A Sudema também se destaca entre os maiores gastadores com diárias: R$ 201.880,00. Já em 2012, o órgão gastou R$ 165.015,00.

Nos demais poderes, o Tribunal de Justiça lidera as despesas. Até este mês já foram disponibilizados R$ 734.072,86. Se comparado com o mesmo período de 2012, houve uma redução nos gastos pelo TJPB (R$ 736.237,93). O Ministério Público ocupa a segunda posição, já tendo gasto até agora R$ 602.861,05 com diárias. Houve uma subida nos gastos do órgão se comparado com 2012, que foram da ordem de R$ 523.843,75. A Assembleia Legislativa é outro poder que elevou os gastos, que este ano já somam R$ 241.712,86, contra R$ 174.930,00 do ano passado. O Tribunal de Contas já gastou R$ 359.507,75 e a UEPB, que recebe o duodécimo do Estado, gastou R$ 178.587,36.