GDF quer criar Guarda Civil Distrital com 2 mil vagas

GDF quer criar Guarda Civil Distrital com 2 mil vagas

Brasília(DF), 08/01/2017 – Rebelião no complexo penitenciário de Aparecida de Goiania- GO deixa mortos – após oito dias da rebelião, a Ministra do STF e presidente do CNJ visita o governador de Goias para averiguar situação. Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Projeto de lei em estudo pelo Palácio do Buriti cria mais uma força de segurança na capital do país: a Guarda Civil Distrital (GCD). A ideia é que a corporação tenha, inicialmente, 2 mil cargos efetivos e seja subordinada à Polícia Civil. Os vencimentos variam de R$ 2,5 mil a R$ 6,3 mil.

Ao Metrópoles, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse, na manhã deste sábado (12/20/2019), via WhatsApp, que aguarda os estudos e vai analisar a matéria. O emedebista foi internado no Hospital Brasília, no Lago Sul, na noite dessa sexta-feira (11/10/2019), após sofrer uma queda em casa.

O objetivo do projeto é liberar homens da Polícia Militar das funções de proteção de bens, serviços e instalações públicas do Distrito Federal. O exemplo vem de outras unidades da Federação, nas quais há, além das polícias Militar e Civil ligadas aos estados, as Guardas Municipais, também chamadas de Metropolitanas, vinculadas às prefeituras.

Segundo a minuta do projeto de lei à qual o Metrópoles teve acesso com exclusividade, para ingressar na GCD, os candidatos passarão por concurso público. Antes, porém, precisarão cumprir alguns requisitos, como ter mais de 18 anos, ensino médio completo e aptidão física e mental, além das obrigações militares em dia.

Metrópoles