Gervásio vê dificuldade na aliança de filiados do PMDB com o PSDB

Cotado como pré-candidato do PSB ao Governo da Paraíba nas eleições de 2018, o deputado estadual Gervásio Maia, hoje filiado ao PSB, evitou, em entrevista nesta terça-feira (14), polemizar a “caça às bruxas” dentro do PMDB paraibano, com a divisão do partido em torno do apoio ao não a gestão Ricardo Coutinho, mas previu dificuldade em alguns filiados se aliarem a ala tucana no próximo pleito, sobretudo por conta de brigas históricas.

Segundo ele, figuras com Veneziano em Campina Grande e Nabor Wanderley, em Patos, terão dificuldades em se alinhar com o PSDB, o que justifica a manutenção do apoio dessas e de outras lideranças ao projeto socialista, que é reconhecido, inclusive, por setores da  própria oposição.

“Esse projeto do PSB tem atraído os olhares das pessoas e também de políticos. As portas do PSB estão abertas. O PMDB foi aliado do PSB. Eu era do PMDB, foi feita uma aliança naquela época no segundo turno. O PMDB tem uma linha, uma ideologia política que se contrapõe totalmente ao outro lado. Eu vejo uma realidade política que traz a aproximação de muitos que pertencem ao PMDB ao PSB e aos partidos que estão na aliança. Você vislumbra, por exemplo, Veneziano no palanque do PSDB em Campina Grande? Nabor Wanderley com o grupo de Dinaldo e os tucanos em Patos? Essa é a história da política. Eu imagino que esses peemedebista estarão dentro da linha que já vêm adotando há décadas, distante do PSDB”, disse.

Já sobre a presença de Lira na inauguração do Parque Linear Paraíba, ao lado do governador Ricardo Coutinho (PSB), e que provocou uma reação do tesoureiro do PMDB, Antônio de Souza sobre a possibilidade de punir os filiados que não seguirem a orientação da sigla, Gervázio também minimizou.

“Sabe que nem acompanhei, não vi. Apenas compreendo e acho normal que um senador participe de um evento tão importante quanto aquele. Todo político que tem compromisso com o estado poderia estar ali. O PSB tem um projeto voltado para os paraibanos. Quase todo dia tem inauguração, quando não o lançamento de ordem de serviço de novas obras. Fico feliz e certo que o projeto do PSB tenha atraído olhares”, arrematou.

PB Agora