João Pessoa 21/03/2019

Início » Câmara em foco » Gestão Panta é incompetente para operar no abastecimento d’água na zona rural de Santa Rita, diz presidente da CAGEPA

Gestão Panta é incompetente para operar no abastecimento d’água na zona rural de Santa Rita, diz presidente da CAGEPA

O presidente da CAGEPA, Marcus Vinicius afirmou nesta quarta-feira (13), no Correio debate que o prefeito de Santa Rita não tem competência para operacionalizar o processo de abastecimento de fornecimento de água na zona rural de Santa Rita e quer privatizar e disse: “Nós tivemos competência de implantar o esgoto de Odilândia”, que segundo ainda o presidente da companhia afirmou que a gestão Panta fez duas audiências em local que a CAGEPA não opera, como Bebelândia e outros, é lógico que a companhia vai levar pau, não temos como responder e quer privatizar o saneamento no município, disparou.

O presidente da Cagepa revelou ainda que a população leia o lei o edital de contrato que a empresa vencedora no certame tem que pagar R$ 13 mil na assinatura do contrato e mais 13 milhões depois de um ano questionou o presidente e perguntou ? Esse dinheiro vêm de onde! da empresa privada, ela vai tirar do bolso dela ou cobrar da população na tarifa, é bom que a população escute isso…. e alertou também que o Riacho Tibirizinho que abastece a cidade possui 70% da água de Santa Rita ele terá água até quando? se privatizar…. e não se tiver água o ente privado vai contratar aonde? carros pipas? ela vai trazer de outro município, é bom que a população leia isso no edital.

“Não dar para fazer receita municpal fazendo esse tipo de situação, “nós não vamos abrir mão do patrimônio do povo da Paraíba, tudo que estar em Santa Rita é do povo e que eles tem que ser ouvidos, que segundo Marcus Vinícius a prefeitura não pode desapropriar um ente estatal, são essas discussões que temos que ter e revelou que a CAGEPA está trazendo uma barragem de R$ 88 milhões que já foi determinado pelo governador João Azevedo que fôssemos à Brasília discutir com o Ministério, o projeto executivo pronto e empenhado pelo governo federal,  licitação preparada que estará saindo nos próximos dias que já estar encaminhado para a Caixa econômica que vem se empenhando diuturnamente nesse processo para poder ter autorização para licitar, e no ato da assinatura o produto (água) a água virá da divisa de Pernambuco que são mais de 700 litros por segundos para João Pessoa que futro vai nos permitir poder trazer  Marés para Santa Rita e estender a adutora e, se Santa Rita ficar isolada, nós não temos obrigação e nem o estado de colocar” alertou o presidente Marcus Vinícius da CAGEPA se for privatizada.

Marcus Vinícius reafirmou que o estado está equilibrado e a Cagepa com equilibrio financeiramente, o presidente indagou ainda se Santa Rita precisar de água? a empresa privada vai trazer! o presidente disse também que juridicamente a companhia vai buscar todos direitos que tem, e  o contrato válido que versa “Em uma vez saindo o município pode antecipadamente a rescisão desde que pague antecipadamente toda a estrutura que foi implantada pela CAGEPA e mais R$ 18 milhões que deve de água, ponderou Marcus Vinicius.

Para Marcus Vinicíus ressaltou que o que foi implantado no Distrito de Várzea e o novo projeto que está pronto para aquela localidade o edital do prefeito Panta é o maior contraditório do mundo que a parte de Várzea Nova fica para o Estado, “se for privatizado nós não temos obrigação de operar uma parte não é de nosso interesse que é um contrato bilateral, se ele não nos quer em Santa Rita como CAGEPA não vamos opera um pedaço de Sana Rita, queremos o dinheiro federal, caixa e estado o prefeito quer passar para ente privado devido uma cessão onerosa de uma situação diversa, o presidente Marcus Vinícius revelou ainda que para se ter uma tarifa R$ 37,91 para Dez mil litros de água que só quem sabe o que são essa quantidade de água e quem paga carro pipa e eu conheço a Paraíba e que um carro pipa custa R$ 250,00 que não sabe a qualidade do produto e nem sabe de onde vem e o produto chega a casa do cidadão com qualidade e que a incompetente gestão Panta quer privatizar e ainda deixar ônus para a CAGEPA não vamos permitir, endureceu o discurso Marcus Vinícius.

As declarações do presidente da CAGEPA Marcus Vinícius foram dadas no Correio Debate.

Lamartine do Vale