Gilma Germando diz que fica no PPS, mas alega “golpe” na eleição de Nonato Bandeira para presidente do partido

gilma germanoA deputada estadual Gilma Germano (PPS) declarou  nesta sexta-feira (8),  que mesmo vendo o PPS sendo assumido por Nonato Bandeira, não vai deixar o partido acompanhando o aliado Douglas Lucena,que após abandonar o processo de escolha da direção estadual afirmou que não teria mais condições de permanecer na legenda.

Mesmo disposta a ficar na agremiação após amargar derrota para o vice-prefeito de João Pessoa, Gilma não dexou de criticar o processo de eleição de Bandeira e alegou que houve “golpe” durante escolha da nova direção da agremiação partidária.

“Vamos continuar no PPS, mas de forma indignada com essa manobra para realização do congresso”, disse Gilma em entrevista ao repórter Écliton Monteiro, da 98 FM.

Mais tarde, a parlamentar utilizou a sua página o Twitter para desabafar sobre o processo que deu vitória ao seu concorrente.

Roberto Targino – MaisPB

Comentários