Goleiros brilham, e Santos bate o Atlético-MG

Vanderlei pegou um pênalti e depois teve que ficar em campo no sacrifício após sofrer lesão

Vanderlei pegou um pênalti e depois teve que ficar em campo no sacrifício após sofrer lesão (Foto: Giazi Cavalcante/Código19/Estadão Conteúdo)

Atlético-MG e Santos se enfrentaram nesta quarta-feira, no Independência, em uma briga direta pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro. No jogo, os goleiros Vanderlei e Victor brilharam, com cada um pegando um pênalti. No final, os visitantes conseguiram marcar um gol de falta para garantir a vitória por 1 a 0.

O jogo foi bem movimentado desde o início, com o Galo assustando muito a meta de Vanderlei e o Peixe preparado para um contra-ataque. Até que aos 28 minutos saiu o primeiro pênalti da partida.

Bruno Henrique recebeu na área e Marcos Rocha chegou derrubando o atacante do Santos. Kayke foi para cobrança e Victor defendeu com segurança, sem dar rebote.

A chance do Atlético-MG abrir o placar foi aos 38 minutos, após falta de Leandro Donizete em Cazares. Fred ficou com a responsabilidade de cobrar, mas bateu fraco, e Vanderlei espalmou para fora.

No segundo o ritmo do jogo seguiu quente, com o Galo tentando pressionar o Santos. Mas quando o time da casa conseguia finalizar bem, Vanderlei aparecia para defender. O Peixe seguia na sua proposta de contra-ataque, e também assustava a meta de Victor.

O momento de maior tensão para o Santos aconteceu aos 30 minutos, quando Vanderlei caiu no gramado e precisou de atendimento. O goleiro chorava, mas o time já havia feito as três substituições a que tem direito. O goleiro do Santos seguiu em campo, mas logo depois caiu novamente, sentindo muitas dores. Com toda essa parada, o árbitro deu dez minutos de acréscimos.

E o sacrifício do goleiro do Santos foi recompensado por seus colegas. Aos 48 minutos o jovem lateral Daniel Guedes marcou em bela cobrança de falta. Foi seu primeiro gol como profissional.

O Atlético-MG tentou se lançar ao ataque nos minutos finais em busca do empate, mas não mostrou muita organização e o Santos soube se postar bem na defesa para garantir o bom resultado fora de casa.

Band