Google anuncia reestruturação e cria uma nova empresa na Bolsa

googleGigante. A Google apresentará resultados do 4º trimestre no novo formato

SÃO FRANCISCO, EUA – A ordem no Vale do Silício é organizar a casa e separar cada unidade de negócio. Com essa estratégia, a gigante Google anunciou, nesta segunda-feira, uma reestruturação que vai separar seu mecanismo de busca, o Youtube e outras empresas de web da divisão de investimentos. Com isso, a Google cria uma nova empresa — a Alphabet — para representar as ações da holding na Bolsa. A Alphabet será totalmente dominada pela Google, e vai incluir Google Inc., Google Ventures, Google Capital, Google X e outras subsidiárias do conglomerado.

O anúncio foi feito no blog da Google. A ideia é que o arranjo possa alavancar a apresentação dos resultados do quarto trimestre da dona do mais popular mecanismo de buscas do mundo.

Segundo o comunicado da Google, cada unidade de negócio terá seu próprio CEO. Os fundadores da empresa, Larry Page e Sergey Brin, ficarão à frente da Alphabet. como diretor executivo e presidente, respectivamente. E Sunsar Pichai, até então assistente de Page, será promovido a presidente executivo da Google Inc. — responsável pela maior parte da geração dos US$ 60 bilhões de receita anual da Google.

Na nota, a empresa diz que o objetivo da mudança não é fazer da Alphabet uma marca, mas deixar clara a diferença entre o negócio principal da companhia e novas empreitadas, de longo prazo, enquanto Page e Brin assumem postos mais estratégicos — deixando a administração operacional nas mãos de executivos de sua total confiança.

“Há muito nós acreditamos que empresas tendem a se sentir confortáveis fazendo a mesma coisa, apenas fazendo mudanças incrementais”, escreveu Page no post. “Nossa empresa está operando bem hoje, mas achamos que ela pode se tornar mais limpa e mais responsável”.

ETAPAS

As ações da empresa chegaram a disparar 4,4% após o anúncio, mas encerraram o dia em queda de quase 1%, cotadas a US$ 663,14. No acumulado do ano, os papéis têm valorização de 25%.

A reestruturação será implementada em etapas. A Alphabet reportará seus resultados sob esta nova estrutura a partir da divulgação do quarto semestre, em janeiro. Com a mudança, os investidores poderão ter mais detalhes sobre como as empresas estão operando — uma velha exigência de Wall Street.

“Nós gostamos do nome Alphabet porque significa uma coleção de letras, que representa linguagem, uma das mais importantes inovações da humanidade, e o epicentro de como indexamos a busca da Google”, escreveu Page.

O Globo