João Pessoa 26/04/2019

Início » Destaque » Governo Bolsonaro deve preparar pacote de 22 medidas para 100 primeiros dias

Governo Bolsonaro deve preparar pacote de 22 medidas para 100 primeiros dias

Corte de gastos seria o mote - Diminuição de nº voos da FAB - Faz parte da Agenda de 100 dias - Poder360 antecipou o documento

12 Poder Ideias – Ministra extraórdinário de governo da transisão Onyx Lorenzoni, o Piantas. Brasilia, 10-12-2018. Foto: Sérgio Lima/Poder360

Segundo Onyx, ministros deverão priorizar o corte de gastos no governo Bolsonaro

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lonrenzoni, disse nesta 5ª feira (27.dez.2018) que o presidente eleito deve preparar 1 pacote de pelo menos 22 medidas para tentar implementar nos 100 primeiros dias de governo.

“As medidas que estão identificando é para construir 1 conjunto de, no mínimo, e 22 propostas que são as entregas que queremos fazer nos 100 primeiros dias”, falou Onyx no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), em Brasília, sede da transição de governo.

Segundo Onyx, cabe a cada ministério apresentar pelo menos duas ações. A seleção será uma forma de o governo mostrar efetividade e resultado no arrancada da gestão.

O pacote faz parte da Agenda dos 100 dias de governo de Bolsonaro, como antecipou o Poder360.

A intenção é avançar na publicação das medidas ou na aprovação no Congresso. Onyx não detalhou quais podem ser as ações.

CORTE DE GASTOS

O futuro ministro disse ainda que a orientação do governo é de corte de gastos. Disse que ele próprio abrirá mão do cartão corporativo utilizado para arcar com despesas e que estimulará outros nomes da Esplanada a fazer o mesmo.

Onyx afirmou que outra sugestão será a de reduzir o número de voos da FAB (Força Aérea Brasileira) e dar prioridade a deslocamentos com avião de carreira.

“Um pacto que estamos fazendo entre nós é que a utilização de aeronaves da FAB vai se reduzir drasticamente. Todos nós vamos seguir o exemplo de Bolsonaro e andar de avião de carreira”, afirmou.

Segundo o indicado à chefia da Casa Civil, a atitude “por enquanto é uma sugestão, até que seja uma norma”.

Poder360