Grafite rescinde contrato com o Atlético-PR

Se o ano de 2016 foi de glórias para o atacante Grafite, de 2017 já não se pode dizer o mesmo. Nesta sexta-feira (07), o jogador rescindiu contrato com o Atlético-PR após longo jejum de gols.

A fase não era boa. Grafite era reserva na equipe comandada por Eduardo Baptista e vivenciava a maior seca da sua carreira. São três meses sem marcar gols, em 24 jogos disputados. Antes, o maior tempo do atacante sem marcar gols foi de três meses, mas apenas 15 jogos, enquanto vestia a camisa do Santa Cruz.

“O Clube Atlético Paranaense agradece pelo comprometimento e pela postura de Grafite no período em que vestiu a camisa rubro-negra e deseja sucesso em seus próximos projetos”, disse o Atlético-PR em nota.

O atacante ex-Santa Cruz marcou seu único gol com a camisa do Furacão justamente em sua estreia, no dia 01 de fevereiro deste ano, contra o Millonarios, da Colômbia. O último jogo como titular, porém, foi no dia 21 de junho, pela 9ª rodada do Brasileiro diante do São Paulo.

A temporada de Grafite em 2017 foi muito aquém de seu 2016 com o Santa Cruz. Com a camisa coral, ele marcou 24 gols, conquistando dois títulos: Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano.

Folha de Pernambuco