“Grande família”: prefeito de Cajazeiras é alvo de novas denúncias de nepotismo e superlários

Mais uma denúncia envolvendo a gestão do prefeito José Aldemir (PP) em Cajazeiras. Dessa vez, nepotismo e supersalários. Segundo um levantamento feito pelo vereador Rivelino Martins (PSB), a ‘distribuição’ de cargos nas secretarias é feita basicamente por vinte famílias relacionadas ao prefeito ou ao vice-prefeito Marcos do Riacho do Meio (PT).

“Identificamos vinte famílias. Existem uma relação de cargos ocupados por familiares como esposa, sobrinhos, cunhado, filha. Pode haver inclusive mais. Em diversas secretarias há a mesma relação”, explicou o vereador.

Além da “árvore do nepostimo”, há também uma rede de supersálarios. Segundo Martins, para determinados servidores, além do valor determinado por cargo, há um acúmulo de gratificações e o salário chega a ficar cinco vezes maior.

“Ontem o prefeito declarou que estava caminhava para ingovernabilidade. Apontamos o caminho: a redução dos comissionados, dos salários e do próprio salário de prefeito. Se preciso for, meu salário está à disposição”, declarou o parlamentar mirim.

Blog do Gordinho