Greve dos bombeiros e policiais militares chega ao fim em Pernambuco - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Greve dos bombeiros e policiais militares chega ao fim em Pernambuco

fim da greveIniciada na segunda-feira, a greve dos bombeiros e policiais militares chegou ao fim na noite desta quinta-feira. A decisão foi tomada por imposição da comissão de lideranças do movimento, sem votação entre a categoria, que se concentrou em frente ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo Estadual, na área central do Recife. Um grupo de PMs não aceitou a decisão e afirmou que a greve não acabou, além de acusarem os líderes de covardes. A paralisação foi decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco na manhã desta quinta.

A orientação repassada pela comissão é que os profissionais vão às ruas assim que chegarem aos respectivos quartéis. De acordo com Joel da Harpa, um dos líderes do movimento, a paralisação mostrou a importância da corporação à sociedade e mostrou que os resultados positivos do Programa Pacto Pela Vida dependem do trabalho desses profissionais. “Bastou um dia a PM não funcionar que a situação mudou. Em janeiro, a PM tem minha garantia de que irei em busca de reajuste salarial da categoria, porque este ano não há essa possibilidade”, afirmou.

Acordo entre militares e governo garantiu atualização do plano de cargos e carreiras, incorporação ao soldo da gratificação por risco de morte no valor de R$ 500 e negociação de aumento salarial a partir de janeiro de 2015.

O Grande Recife viveu cenas de guerra ontem e hoje, com saques a lojas, assaltos e mortes. Nessa quarta-feira, o governador João Lyra Neto solicitou ao Governo Federal apoio e, na manhã desta quinta-feira, desembarcaram no Recife efetivos da Força Nacional de Segurança e do Exército Brasileiro para garantir a segurança da população.

 

Jornal do Commercio