Gringos voltam a comandar show do Santos, que atropela Goiás e pode abrir vantagem na ponta

Gringos voltam a comandar show do Santos, que atropela Goiás e pode abrir vantagem na ponta

Mais uma vez comandado pelos gringos, o Santos deu um show na Vila Belmiro e goleou o Goiás, por 6 a 1, na manhã deste domingo. Yeferson Soteldo, com dois gols e uma assistência, e Carlos Sánchez, um gol e duas assistências, foram protagonistas em goleada que teve ainda tentos dos zagueiros Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo e gol de Eduardo Sasha.

De momento, o Peixe abre cinco pontos na liderança do Campeonato Brasileiro, e agora torce por tropeço do Palmeiras para manter a folga. O Esmeraldino pode cair do meio da tabela.  Gringos dão show O Santos, mais uma vez, foi comandado pelos “gringos”. Em especial Carlos Sánchez e Soteldo, dois nomes que comandam o setor criativo da equipe de Jorge Sampaoli.

Aos oito minutos, Soteldo recebeu lançamento de Diego Pituca e mandou bola precisa para Carlos Sánchez. O uruguaio finalizou bonito para fazer um golaço!  Pouco depois, lá estava Soteldo de novo no ataque. Depois de colocar o zagueiro para dançar aos dez, mas não acertar no cruzamento, Soteldo sofreu falta aos 14 e Sánchez levantou na medida para Lucas Veríssimo abrir 2 a 0.

O paraguaio Derlis González também quis entrar na festa. Aos 22, teve ótima oportunidade de marcar o terceiro, mas mandou chute sem direção.  O que sobrava de criatividade de um lado faltava do outro. O Goiás sucumbia sem fazer muita frente. O terceiro gol alvinegro saiu com Gustavo Henrique, que pegou rebote de bola na trave de Eduardo Sacha.  Três vira…

O show santista seguiu na segunda etapa, e novamente com a batuta dos gringos. Depois de receber de Soteldo, Sánchez deixou Eduardo Sasha na cara do gol, e o atacante deixou o dele.  O Peixe manteve a intensidade, mesmo com o placar largo, e seguiu amassando o adversário. Soteldo aproveitou para deixar o dele em chute de longe: outro golaço.

Três vira, seis acaba. Teve isso na Vila Belmiro. Marinho, que saiu do banco, teve a chance de deixar o dele na goleada, mas preferiu dar um presente para Soteldo marcar mais um.  Foi um futebol de líder na Vila. O Santos jogou pelo gol o tempo inteiro, e conseguiu cativar o torcedor com um show de futebol.

O gol de Kayke, no fim, não mascarou um resultado que poderia até ter sido mais largo para o Alvinegro. Agora, segue o líder…

O Gol