Guerrero manda abraço para a torcida do Flamengo.

guerreio chilePaolo Guerrero durante treino da seleção peruana em Temuco, no Chile

TEMUCO, Chile – Instruído a não falar sobre sua transferência para o Flamengo até a apresentação oficial, que acontecerá após a disputa da Copa América, o atacante Guerrero mandou uma rápida saudação nesta sexta-feira aos torcedores rubro-negros. Após o treino, ele falava com a imprensa peruana quando foi solicitado a enviar uma mensagem aos torcedores do novo clube.

– Um forte abraço para eles – disse.

Todas as esperanças peruanas recaem sobre o novo atacante do Flamengo. Guerrero é, disparado, o maior ídolo peruano da atualidade. Talvez o único. Em vários momentos, foi provocado sobre um eventual duelo com Neymar e diversas perguntas envolviam a maior estrela brasileira. O novo camisa 9 do Flamengo alertou que a seleção peruana precisa estar atenta a toda seleção do Brasil.

– Não vamos jogar contra Neymar, Vamos jogar contra a seleção brasileira e precisamos estar concentrados em todos os jogadores deles. Todos são importantes. Enfrentar o Brasil é um objetivo importante para nós, um desafio para mim. Estou me preparando com a minha seleção, vivemos um momento diferente do Brasil. Peru está começando um novo trabalho, com um novo treinador (Ricardo Gareca). O Brasil tem mais experiência, vem de jogar um mundial. Mas queremos fazer um bom torneio – afirmou.

Antes de viajar para o Peru, ainda como jogador do Corinthians, Guerrero ouviu do volante Elias, agora ex-companheiro, que em campo seria alvo de algumas “chegadas” mais fortes. Em tom nítido de brincadeira. Descontraído, o peruano respondeu.

– Dentro de campo a gente dá a resposta. Estamos trabalhando muito, concentrados. Sabemos que o Brasil é um dos favoritos a ganhar a Copa América, mas estamos chegando bem para o jogo e precisamos mostrar que podemos enfrentá-los – garantiu Guerrero.

O Globo