Homem acusado de assaltos é assassinado a tiros de pistola quando dormia dentro de casa na Capital

MORTE MORTEA Polícia trabalha com a hipótese de ‘acerto de contas’ relacionado com a prática de assaltos para explicar o assassinato de Iago Pereira do Nascimento Rosas de apenas 21 anos de idade. Ele foi executado a tiros na madrugada desta terça-feira (19), em João Pessoa.

De acordo com a polícia, Iago estava dormindo dentro do seu barraco na comunidade Capadócia, no Conjunto Gervásio Maia, quando teve o imóvel invadido por desconhecidos que já chegaram atirando.

Os moradores escutaram os disparos e ligaram para a polícia que fez rondas pelas ruas do bairro, mas não encontrou nada. Os policiais viram um barraco aberto e quando entraram para o ver o tinha acontecido se depararam com o homem morto em cima da cama.

Nas proximidades do corpo a PM encontrou várias capsulas de pistolas calibre 3.80 deflagradas e que, segundo a polícia, podem ter sido usadas no assassinato do rapaz.

Durante as investigações, a polícia tomou conhecimento de que Iago Pereira era acusado de vários assaltos e quando praticava os crimes fugia em um Celta branco.

Paulo Cosme\David Martins