Homem é acusado pela filha de 11 anos de estupro e acaba preso em Campina Grande

estupro98A Polícia Civil prendeu, nessa segunda-feira (11), um homem acusado de estuprar a própria filha, em Campina Grande. O suspeito mora no bairro das Malvinas, mas foi preso no local de trabalho, no Centro da cidade, por volta das 10h. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Repressão a Crimes contra a Infância e a Juventude e do Grupo Tático Especial (GTE).

 

De acordo com o delegado seccional, Iasley Almeida, as denúncias partiram da própria filha do acusado, que tem apenas 11 anos de idade. “A partir daí, nós passamos a investigar o suspeito, até conseguirmos o mandado de prisão expedido pela Justiça, que foi cumprido hoje”, disse Iasley.

 

Munidos também de um mandado de busca e apreensão, os policiais encontraram ainda vários comprimidos abortivos e estimulantes sexuais na casa do acusado, que trabalha como balconista de farmácia. Foram quase 500 comprimidos apreendidos.

 

O homem foi autuado com base no artigo 273 do Código Penal, que versa sobre corrupção e venda de substância medicinal e prevê uma pena de 10 a 15 anos de reclusão. “Além da acusação de estupro, cuja pena vai de 6 a 10 anos”, completou Iasley Almeida.

Redação com Secom-PB