Homem é preso após vender pertences para vítima que havia acabado de assaltar

O autônomo Leonardo Lucas de Oliveira Almada, de 33 anos, foi preso em flagrante ao comercializar produtos furtados de uma loja de videogames em Santos, no litoral de São Paulo. A polícia o localizou depois de a vítima do crime encontrar um anúncio dos bens levados em um site na internet e negociar com o indiciado.

Segundo informações da Polícia Civil, o furto ocorreu no dia 14 de janeiro após a invasão a uma loja especializada em jogos para videogames, localizada na Rua Luiza Macuco, no bairro Vila Nova. O empresário, responsável pelo estabelecimento, encontrou dias depois um anúncio na internet com alguns dos produtos levados.

Com o apoio de investigadores do 4º Distrito Policial da cidade, a vítima negociou ao longo da última semana com Almada, que chegou a indicar um adolescente de 15 anos para auxiliar na venda dos produtos. Os equipamentos desejados por ele seriam vendidos por R$ 1.350 e o pagamento teria que ser em dinheiro.

Um falso encontro, então, foi marcado para que o empresário pudesse comprar os bens. Ele foi acompanhado de dois investigadores, que detiveram Almada e o menor no momento em que eles entregaram os produtos à vítima. Ao ser questionado, o autônomo confessou que guardava mais equipamentos levados da loja em casa.

Todo o material localizado foi apreendido e Leonardo acabou preso em flagrante por receptação e corrupção de menor. O adolescente infrator responderá por ato infracional, mas foi liberado na presença da mãe. Os produtos encontrados com o suspeito foram devolvidos ao empresário do estabelecimento.

A Polícia Civil em Santos trabalha para recuperar os demais bens levados da loja. Os investigadores agora tentam descobrir a ligação de Leonardo com o crime ocorrido no estabelecimento. O envolvimento de outras pessoas nessa ação não está descartada. Até a manhã desta segunda-feira (22), não havia mais prisões confirmadas.

G1