Homem é preso, confessa assassinato de casal e diz que agiu por ciúmes, em CG

Nesta terça-feira (03), um homem de 22 anos foi preso por força de um mandato de prisão, suspeito de assassinar o casal Paulo Renato e Isabelle Alves no último dia 10 de setembro em um bar no Conjunto Severino Cabral, em Campina Grande.

Outro homem envolvido no crime, que conduzia a moto para dar fuga ao executor, continua foragido.

De acordo com informações policiais, o acusado alegou que Paulo Renato teria se insinuado para sua mulher há alguns meses em um bar da cidade, ele teria ido tomar satisfação e segundo ele, sofreu ameaças por parte de Renato, então no dia 10 executou o crime.

“Essa é a alegação dele, mas estamos profundamente envolvidos com outra motivação que tem a ver com tráfico de drogas. Essa vertente não descartamos”, disse a delegada Tatiana Barros.

Ainda segundo a delegada, a mulher morta no dia não era alvo do crime e só foi assassinada porque teria começado a gritar.

“No estabelecimento ele pediu que as pessoas se afastassem e apontou a arma. No que apontou a arma o Paulo Renato estava de costas e Isabelle estava de frente. Ela ao ver a arma começou a gritar. Começaram os disparos e o primeiro foi justamente no pescoço dela” acrescentou.

A polícia chegou até os acusados por meio de denúncias.

PB Agora