Homem morre no Brejo da Paraíba com suspeita de ter contraído o vírus H1N1

Homem morre no Brejo da Paraíba com suspeita de ter contraído o vírus H1N1

An influenza vaccine is administered at a clinic in central London April 29, 2009. REUTERS/Luke MacGregor

Um homem natural da cidade de Alagoinha, no Agreste da Paraíba, a 89 km de João Pessoa, morreu às 2h deste sábado (16), no Hospital Regional de Guarabira, no Brejo, a 98 km da Capital, com suspeitas de ter contraído o vírus H1N1.

Segundo a direção do hospital, o paciente estava internado na unidade de saúde desde o dia 3 de abril, quando deu entrada apresentando cansaço, tosse seca e febre alta. Ele vinha sendo medicado com o remédio Tamiflu, utilizado nesse tipo de doença, mas, devido ao grave quadro clínico que demonstrou, não respondeu bem ao tratamento. A situação, com o passar dos dias, evoluiu para uma pneumonia e, então, o homem teve uma septicemia e faleceu.

Há suspeitas, por parte da equipe médica que prestou suporte ao paciente, que ele pudesse ter contraído uma pneumonia viral. Foi feita uma coleta de material biológico dele e uma amostra foi encaminhada a João Pessoa e, em seguida, a Recife (PE) e, depois, ao Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA) para que a doença que o acometeu possa ser confirmada. Ainda não havia previsão para a divulgação do resultado.


Nessa última quarta-feira (13), um agricultor de 58 anos morreu no Hospital Regional de Pombal, no Sertão da Paraíba, a 371 km de João Pessoa, também com suspeitas de ter contraído o vírus H1N1. No dia seguinte (14), no mesmo hospital, uma menina de 10 anos, moradora da cidade de Sousa, também no Sertão, a 438 km da Capital, morreu com suspeita da mesma doença.

Portal Correio