Homem passa por transplante de pênis bem-sucedido

transplante de penisThomas Manning, de 64 anos, tornou-se na segunda-feira o primeiro homem a passar por um transplante de pênis bem-sucedido nos Estados Unidos.

A cirurgia aconteceu na cidade de Boston, no estado de Massachusetts, e durou cerca de 15 horas. Esta foi a terceira operação do gênero a ser feita no mundo.

O novo membro foi doado anonimamente pela família de um homem cujo tipo sanguíneo e o tom da pele eram compatíveis com o de Manning, que teve a maior parte de seu pênis amputado devido a um câncer em 2012. Agora o paciente se recupera no pós-operatório e comemora o resultado da cirurgia.

Aspecto natural

A operação tinha como objetivo devolver o aspecto natural ao órgão, além de permitir que esse fosse usado normalmente para urinar e, potencialmente, obter funcionalidade sexual.

“Temos esperança de que estas técnicas reconstrutivas nos permitam aliviar o sofrimento e desespero daqueles que passaram pela devastadora experiência de lesões do trato genital e urinário e que estão, muitas vezes, tão desanimados que consideram acabar com a própria vida”, disse o médico Curtis Cetrulo, do Centro de Transplantes e do Departamento de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva do Massachusetts General Hospital.

A primeira cirurgia deste gênero aconteceu na China em 2006, mas não foi considerada bem-sucedida, uma vez que o órgão foi removido pouco tempo depois.

Já o primeiro transplante de pênis bem-sucedido na história aconteceu em 2015 na África do Sul. O órgão doado foi reimplantado em um jovem de 21 anos que havia perdido o pênis numa circuncisão mal feita.

Band