Hospital Santa Isabel realiza 1ª cirurgia do Nordeste com uso de duas novas tecnologias

Hospital Santa IzabelO Hospital Santa Isabel realizou, na noite desta quinta-feira (17), a primeira cirurgia de correção de deformidade, ou escoliose, como é mais conhecida a deficiência, incorporando o uso de duas tecnologias inovadoras – a neuronavegação e a autotransfusão – que protegem o paciente da perda de sangue durante a intervenção.

Para o médico Valdir Delmiro, coordenador do Departamento de Neurocirurgia do Hospital Santa Isabel, “com o uso das duas novas tecnologias a cirurgia é bem mais segura, com menos exposição de raio para o paciente, fazendo o reaproveitamento do próprio sangue através da autotransfusão. A escoliose costuma deixar o paciente vulnerável a muitos danos, mas o uso dessas técnicas permite que ele tenha a deformidade corrigida e saia ileso”, disse.

Já o neurocirurgião Ronald Farias destaca que “a Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Saúde, acreditou nesse nosso projeto e, para a nossa satisfação, a cirurgia é pioneira realizada na região Nordeste. Só encontraremos algo na saúde pública nesses moldes em grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro. A gestão propiciou esse ineditismo. O Santa Isabel demonstra capacidade de desenvolver e incorporar essas novas técnicas, tornando-se uma referência nacional”, afirmou.

O secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio, ressalta que “a cirurgia realizada demonstra claramente que a saúde pública de João Pessoa possui profissionais de qualidade incontestável, assim como estrutura física qualificada e pode incorporar novas tecnologias ainda não utilizadas no serviço público de saúde. Isso evidencia que o prefeito Luciano Cartaxo prioriza a saúde e o bem estar das pessoas”, ressaltou.

Redação com Secom