Igor Gomes brilha, São Paulo vence Ituano e saí na frente nas quartas do Paulista

O São Paulo fez sua melhor partida na temporada e venceu neste domingo a equipe do Ituano, por 2 a 1, no Morumbi, e saiu na frente nas quartas de final do Campeonato Paulista. Igor Gomes marcou os dois gols do Tricolor, enquanto Morato descontou para o Galo de Itu. As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira, no Estádio Novelli Junior, para decidir uma vaga na semifinal do Paulistão.

O São Paulo passa a ter a vantagem do empate. Já o time do interior precisará vencer por dois ou mais gols de diferença para avançar na competição. Em caso de vitória do Ituano por um gol de diferença, a decisão será nos pênaltis.  Liziero volta e São Paulo tem melhor primeiro tempo da temporada Um domingo de decisão diferente do que nos acostumamos a ver no Morumbi.

O São Paulo chegou às quartas de final do Campeonato Paulista classificando em segundo do seu grupo, em nono em uma classificação geral (a pior campanha entre os oito que avançaram) e sem favoritismo, mesmo jogando contra um time de menor expressão do interior paulista.

Para dar uma guinada na sorte do clube, Vagner Mancini (que entra em sua última semana como treinador do time, já que Cuca antecipou sua volta para o dia 2 de Abril) contou com a volta de Liziero no time titular e de Everton como opção para o decorrer da partida. Outra novidade foi a escalação de Hudson na lateral direita. Já o Ituano, Campeão Paulista de 2002 e 2014, o clima é positivo com a classificação antecipada e em primeiro do grupo que tinha o Tricolor.

Mesmo assim, a ordem é respeitar o time do Morumbi. O destaque do técnico Vinicius Bergantin é o atacante Martinelli, principal nome da equipe. Com a bola rolando, o jogo se mostrou equilibrado, com o Ituano, muito organizado taticamente, ameaçou a meta de Tiago Volpi, principalmente nas chegadas de bola parada com o experiente Correa. Já o São Paulo apostou na posse de bola para propor o jogo e tentar chegar a área de Pegorari. Pelo Ituano, destaque para Morato, ex-jogador do São Paulo, que movimentava por todo campo buscando espaço para o time do interior. Já pelo Tricolor, Lizieiro participou bem do jogo e formou com Igor Gomes e Luan um meio campo dinâmico e que municiou bem o ataque formado por Anthony, Pablo e Everton Felipe.  E foi com o meio formado pelo trio de Cotia que resolveu.

Com o São Paulo melhor em campo, Liziero iniciou a jogada e passou para Luan, que lançou para Reinaldo, que cruzou na área aonde estava Igor Gomes que deu um sem-pulo de primeira e abriu o placar para o Tricolor aos 32 minutos. Foi o primeiro gol do jogador em seu terceiro jogo como profissional. O gol deixou o jogo aberto com o Ituano tentando a pressão no campo adversário e o São Paulo apostando no contra-ataque, perdendo boas chances com Igor Gomes e Everton Felipe. Com isso o placar da primeira etapa terminou em 1×0 Igor Gomes decide e a “lei do ex” deixa o Ituano no jogo.

Os dois times voltaram a campo com as mesmas formações, mas com posturas diferentes. Enquanto o Ituano buscava o controle da posse de bola, o São Paulo não quis esperar as chances pelos contra-golpes e tomava a iniciativa do jogo, criando boas oportunidades de ampliar o placar. Com seu time recuado, Bergantin promoveu a entrada de Bassani no lugar de Cerrato. Mas o São Paulo continuou pressionando. Após um ataque Tricolor, o Ituano vacilou na saída de bola e Anthony recuperou e abriu para Everton Felipe, que bateu pro gol. Pegorari espalmou para o meio da área e Igor Gomes, dentro da pequena área, bateu forte para ampliar o placar.

Com vantagem no placar, Mancini poupou Lizieiro, colocando Léo em campo e deslocando Reinaldo para o meio. Mesmo com as mudanças, o São Paulo era superior e pressionava a meta de Pegorari, tendo boas chances com Pablo e Reinaldo. Buscando mais velocidade, Mancini colocou Everton no lugar de Igor Gomes. O artilheiro da tarde saiu ovacionado pelo torcedor presente ao Morumbi.  Com as trocas, o São Paulo caiu de rendimento e permitiu que o Ituano entrasse no jogo. Morato continuava sendo o grande motor da equipe do interior. Em uma primeira oportunidade, o atacante bateu firme para boa defesa de Volpi.

Na cobrança de escanteio, o atacante apareceu livre e tocou de cabeça para diminuir a vantagem dos donos da casa. O gol fez com que Mancini colocasse o time para frente. William Farias, que estava pronto pra entrar, voltou para o banco e Brenner entrou no lugar de Everton Felipe, buscando mais velocidade no campo de ataque. A troca voltou a deixar o jogo igual, sem que as equipes conseguissem igualar a pressão, o que deixou o placar com a vantagem do São Paulo por 2 a 1 diante de um público 18.573 torcedores.

O Gol